INVERNO PEDE PEELING!

Oi amadas!
Vamos aproveitar a época do ano em que menos ficamos expostas ao sol para fazer um procedimento que deixa a pele fantástica!  “O PEELING”

O que é?
 
peeling químico consiste na aplicação tópica de determinadas substâncias químicas capazes de provocar reações que vão desde de uma leve descamação até necrose da derme, com remoção da pele em diferentes graus. Isso significa que haverá descamação e troca da pele, atuando no tratamento de manchas, acne e envelhecimento cutâneo.
 
Quando bem indicado o peeling pode promover resultados excepcionais, principalmente no fotoenvelhecimento. O peeling é realizado, preferencialmente, no inverno, para que o excesso de sol não atrapalhe a recuperação da pele.
Os peelings, pela capacidade de trocar a pele, são utilizados para o tratamento de algumas alterações, como: manchas de sol, do melasma e acne. Ele também é capaz de melhorar as cicatrizes e o envelhecimento da pele, pois renova as células, melhorando a flacidez e rugas.
 
Os peelings químicos também podem ser feitos no corpo, como: pescoço, colo, braço e mãos, respeitando as restrições e características de cada local. A pele do corpo tem maior dificuldade na cicatrização e podem ocorrer mais complicações. Os peelings são classificados, conforme a sua capacidade de penetração superficial, médio e profundo. Esse critério, porém, não é absoluto, pois o mesmo agente e concentração poderão ser superficiais para uma pele grossa, sem preparo, e médio para uma pele mais fina, muito preparada.
 
             
Peeling Superficial:
 
Age na epiderme, que é a camada mais superfical da pele e não apresenta grandes problemas após sua aplicação, podem ser realizados com as seguintes substâncias:
 
  • Acido Retinóico
  • Acido Tricloroacético
  • Acido Salicílico
  • Acido Glicólico
  • Pasta de resorcina
Peeling Médio
 
  • Acido Glicólico de 40 a 70%
  • Acido Tricloroacético 35% + Solução de Jessner
  • Acido Tricloroacético 35% + Acido Glicólico
  • Acido Pirúvico 60 a 90%
  • Fenol 88%
 
Peeling Profundo
 
Destrói totalmente a epiderme e sua profundidade atinge até o nível da derme reticular. Apresenta riscos maiores de complicações, como hipocromias (manchas claras),  hipercromias (manchas escuras), cicatrizes, pode ser realizado com:
 
  • Acido Tricloroacético 50%
  • Fenol (fórmula de Baker)
A indicação nesse caso, cabe ao médico decidir, abaixo segue um vídeo de um Peeling de Fenol que foi apresentado no programa da Ana Maria braga, Vale a pena assistir:
 
 
Outros tipos de peeling e que podem ser realizados em clínicas de estética por uma cosmetóloga ou esteticista:
  1. Peeling de diamante
  2. peeling de Cristal
  3. Peeling superficiais com ácidos como: Hexylresorcinol, Ácido Mandélico, Kójico e Glicólico.
Não esqueça, o peeling retira sua pele velha e faz com que uma pele nova e sem manchas apareça, mas se nesse período você não se cuidar e utilizar filtro solar, sem se expor ao sol em hipótese alguma, o resultado pode ser desastroso!
 
 
 
Então ameeeega, aproveita o inverno e se joga em uma pele totalmente nova!!
 
Se vocês tiverem qualquer dúvida em relação os peelings, mande email para: paulasiewert@gmail.com , com 10 anos de experiência na área da Cosmetologia posso ajudar vc!
 
Beijo no coração!
 
Paula Miranda
@hypnosemakes
 
 
 
 
 
Anúncios

Publicado em junho 17, 2011, em Dicas e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Adorei. Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: